segunda-feira, 11 de junho de 2007

Blog-episteme

Talvez um blog seja um invólucro, não conhecido, onde se possa guardar, intocado e imperecível, tudo o que de cada dia é o seu duplo, vestígio ou ruína.

Nenhum comentário: