quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Passante




por vezes quedo-me hirta
imitando os passantes

a chuva chove a si mesma e eu
desespero-me de ser
Sem título. Foto de Mário Vítor.

2 comentários:

Só para raros disse...

Eis a diferença entre escrever muito e não dizer nada e escrever com exatidão e dizer tudo. Algo de que estou longe...

um beijo,

Raiça Bomfim disse...

Maravilhoso.

E mais uma vez, tu me lembrando Adélia.