quinta-feira, 30 de outubro de 2008

"Bem dentro do coração guardado"



Sou apenas alguém do interior, em contato com coisas simples e essenciais, capaz de comover-se por inteiro com cantorias, com a poesia absoluta de uma canção sobre “o ermo da solidão das estradas”.

E fiel à obsessão pela poesia, no mais universal. Esta canção de Elomar faz parte do que está "bem dentro do coração guardado".


Violeiro



Elomar



Vou cantá no canto de primero


as coisa lá da minha mudernage


qui mi fizero errante e violêro


Eu falo sério e num é vadiage



E pra você qui agora está mi ovino


Juro inté pelo Santo Minino


Vige Maria qui ôve o queu digo


Si for mintira mi manda um castigo



Apois pro cantadô e violero


Só há treis coisa nesse mundo vão


Amô, furria, viola, nunca dinhêro


Viola, furria, amo, dinhêro não



Cantadô di trovas e martelo


De gabinete, lijêra e moirão


Ai cantadô já curri o mundo intero


Já inté cantei nas portas de um castelo


Dum rei qui se chamava de João


Pode acriditá meus companhero


Dispois de tê cantado o dia intero


O rei me disse fique, eu disse não



Se eu tivé de vivê obrigado


um dia iantes dêsse dia eu morro


Deus feiz os homi e os bicho tudo fôrro


já vem iscrito no livro sagrado


qui a vida nessa terra é uma passage


Cada um leva um fardo pesado


é um insinamento qui desde a mudernage


eu trago bem dentro do coração guardado



Tive muita dô de num tê nada


pensano qui êsse mundo é tudo tê


mais só dispois de pená pela istrada


beleza na pobreza é qui vim vê


vim vê na procissão o Louvado-seja


E o malassombro das casa abandonada


côro de cego na porta das igreja


E o êrmo da solidão das istrada



Pispiano tudo do cumêço


eu vô mostrá como faiz um pachola


qui inforca o pescoço da viola


E revira toda moda pelo avêsso


e sem arrepará si é noite ou dia


vai longe cantá o bem da furria


sem um tostão na cuia o cantadô


canta inté morrê o bem do amor.



Ver por Xangai em

http://br.youtube.com/watch?v=KtHZVb3qMzI&feature=related

Pássaro. Foto de MVítor.

5 comentários:

Cosmunicando disse...

puro e lindo =)

Mariana disse...

A-DO-RO.
adoro regionalismos.
principalmente da gente puro assim. que diz. e pronto.

Adair Carvalhais Júnior disse...

Esta música é ótima. Velhinha e ainda ótima.

Ramon Alcântara disse...

Opa. Não conhecia esse casulo. E eu tentando tear em lugares improdutivos.

Abz
Add

Casulo Temporário disse...

pois é, Ramon, não sou muito boa em divulgação... só recentemente incluí no orkut um link até aqui.
Mas acho legal que os contatos venham sendo feitos assim, de modo espontâneo. Traz um pouco de mágica e destino, não é?
bjs!