Ciranda.net

Mariana Botelho me incluiu nesta ciranda e sigo, com ela e outros queridos amigos, achando ótimo cair nesta dança.

Trata-se da seguinte tarefa:

Agarrar o livro mais próximo;
Abrir na página 161;
Procurar 5ª frase completa;
Colocar a frase no blog;
Repassar pra cinco pessoas.

O livro mais próximo à minha mão era a Obra Poética de Cecília Meireles, na edição em papel-bíblia da Nova Aguilar, de 1958.

Encontrei a página 161 (do livro Vaga Música), mas não me pude conter na quinta frase completa... Vai o poema inteiro:


O Ressuscitante


Meus pés, minhas mãos,

meu rosto, meu flanco,

- fogo de papoulas!

E hoje, lírio branco!


Pela minha boca,

por minhas olheiras,

- arroios partidos!

E hoje, albas inteiras!


Eu era o guardado

de sinistras covas!

E hoje visto nuvens

cândidas e novas!


Vi apodrecendo,

com dor, sem lamento,

meu corpo, meu sonho

e meu pensamento!


E hoje, sou levado

por entre as caídas

coisas – transparente!



Convido para a ciranda:

Raiça Bomfim (raibomfim.blogspot.com)

Martha Galrão (mariamuadie.blogspot.com)

Ramon Alcântara (annnothing.blogspot.com)

Maria Gomes (romadevidro.blogspot.com)

Soledade Santos (nocturnocomgatos.weblog.com.pt)

Comentários

Soledade disse…
Vou dar seguimento, claro :)
Bom fim de semana
Ramon Alcântara disse…
Opa.... um convite então.... essa ciranda circula, já passou por mim.... rs. Mas desta vez, livros encaixados, mudança de endereço. Literatura virtual.

Ficarei devendo.


Mas valeu a vinda e a poesia de Cecília....
romério rômulo disse…
ana:
estamos juntos na ciranda,pela
mariana.
romério
mariagomes disse…
Missão cumprida, Amiga!

maria
Mariana disse…
é por isso que vale a pena...
Obrigada por nos trazer Cecília, Ana!
Raiça disse…
Meu acesso à internet tá tão restrito que vi seu convite, já o aceitei e repassei, mas não deu tempo de te avisar e agradecer!

Obrigada, lindona, e vamos cirandar!

Postagens mais visitadas