quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Verão na Bahia (II)


Apenas isto:
a visão deste céu me dilacera.
E no verão da Bahia, sempre,
tudo é esplendor.

E eu,
silêncio.

Igreja de Malhadas, Ba. Foto de MVítor.

9 comentários:

fred disse...

Belíssima foto.
Beijo

adrianna coelho disse...


ana,

o silêncio prestigia poucos,
vem para quem merece,
para quem se enternece com um céu,
para quem as palavras são expressas com um olhar,
esse olhar que reverencia toda a beleza da vida...

e da Bahia!

beijos!

Cosmunicando disse...

Ana, lindo o poema e mais ainda por ser um prenúncio da sua volta =))
beijos

Raiça Bomfim disse...

Viva o verão! Vi você e sua poesia!

Mariana disse...

Ana,

linda e delicada intensidade desse poema.
E que foto linda!

Ana Cecília disse...

Viva vocês!
Mariana, já entrei na ciranda, tá?
gosto muito também dessa foto do filhão - de vez em quando há essa interação foto-poema, é bem legal isso.
beijos a todos!

BAR DO BARDO disse...

viva o verão na terra menos terra do planeta de igual nome!!!

J.F. de Souza disse...

E eu,
apenas
contemplo

VFS disse...

em silêncio,

o Criador observa a criação.