segunda-feira, 18 de maio de 2009

Um poema de Everardo Norões






JOHN O INGLÊS DISSE

John o inglês disse
gosto da palavra bruma
turner turva bruma
o acento amargo sob
o chicote de sol desse verão
no alto mundo das taquaras
som carmesim de uma estação
de trem ou trovão
contido num som de órgão
de Bach
gosto da palavra bruma
núcleo obscuro da saudade
I like it
álacre é o aberto
bruma o fechado
o roxo de um deus crucificado
nas santas semanas da paixão
bronze zen a retinir
sozinho


Em: http://retabulodejeronimobosch.blogspot.com

A ilustração é colagem de um quadro do pintor inglês William Turner e fotografia dos altos de Taquaritinga (também por Everardo).

Um comentário:

BAR DO BARDO disse...

Norões fez um bom trabalho!