Fugazes como estrelas












(1) Estrelas coloridas em abundância dentro do aglomerado globular Omega Centauri

(2) Fotografia tirada em 27 de julho e cedida hoje pela Nasa mostra uma estrela moribunda, com massa cinco vezes superior à do sol, rodeada por gases de 19.982 graus centigrados. A nebulosa chamada de Mariposa foi captada pela nova câmera do telescópio espacial Hubble

(3)Explosão marca o nascimento de uma estrela em meio ao caos na nebulosa "Carina". http://www1.folha.uol.com.br/folha/galeria/galeria-20090909-hubble.shtml


Novas fotos espaciais são divulgadas na interessante data de ontem. Conta-me uma aluna que esses números (09/09/09) remetem à eternidade. Por essa razão, milhares de mães chinesas se programaram para ter seus filhos neste dia - estrelas coloridas em abundância.

Perplexa, vejo em luz e cor o nascimento e morte de estrelas, fugazes elas próprias, na dimensão da eternidade.

Fugazes como estrelas, jovens são mortos na cidade do Salvador, em plena luz do dia, um deles em um dos mais movimentados terminais de ônibus.

Tanta maravilha. Tanta dor.

Comentários

Thalita, disse…
Oi, Cecília, muito obrigada pela visita e comentário.

Linda reflexão, a sua... Estou encarando esse paradoxo bem de perto e, sinceramente, temo o que virá.

Abraço terno.
Raiça disse…
E o resto é silêncio...

Postagens mais visitadas